7 Razões para não nos preocuparmos

INTRODUÇÃO

Quem aqui nunca se preocupou com o futuro, como o futuro dos filhos? Com o nosso ministério? Certamente que todos nós nos preocupamos com alguma coisa.

TEXTO BASE

Mt 6:25 – Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos, quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestido? 26 – Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? 27 – E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura? 28 – E, quanto ao vestido, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem: não trabalham, nem fiam; 29 – E eu vos digo que, nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. 30 – Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? 31 – Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? 32 – (Porque, todas estas coisas os gentios procuram.) De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; 33 – Mas, buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. 34 – Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

DESENVOLVIMENTO

Jesus no texto nos relata, no mínimo, sete boas razões para não nos preocuparmos com: a nossa vida, com o que comeremos, o que beberemos, o que nos vestiremos.

Eis aqui sete razões para que não andemos preocupados ou ansiosos.

1) Mt 6:25 – Podemos e devemos confiar os detalhes de nossas vidas a Deus, que criou a vida em nós.

Jo 5:26 – Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu, também, ao Filho, ter a vida em si mesmo;

2) Mt 6:26 – Preocupar com o futuro prejudica os esforços que você está dedicando ao presente.

Js 3:5 – Disse Josué, também, ao povo: Santificai-vos, porque amanhã fará o Senhor maravilhas no meio de vós.

3) Mt 6:27 – Preocupar é mais prejudicial do que útil.

Js 11: 6 – E disse o Senhor a Josué: Não temas diante deles; porque amanhã, a esta mesma hora, eu os darei, todos feridos, diante dos filhos de Israel; os seus cavalos jarretarás e os seus carros queimarás a fogo.

4) Mt 6:28 a 30 – Deus, certamente, não ignora aqueles que Dele dependem.

Sl 9:18 Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a expectação dos pobres se malogrará perpetuamente.

5) Mt 6:31 a 32 – A preocupação é, na verdade, falta de fé e de entendimento a respeito de Deus e do seu caráter.

Sl 20: 7 – Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor, nosso Deus.

6) Mt 6:33 – A preocupação nos impede de dar atenção aos verdadeiros desafios aos quais Deus deseja que nos dediquemos.

Sl 15: 1 – SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? quem morará no teu santo monte? 2. Aquele que anda em sinceridade, e pratica a justiça, e fala verazmente, segundo o seu coração; 3. Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhuma afronta contra o seu próximo; 4. Aquele a cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao Senhor; aquele que, mesmo que jure com dano seu, não muda. 5. Aquele que não empresta o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente; quem faz isto nunca será abalado.

7) Mt 6:34 – A preocupação nos impede de viver um dia de cada vez.

Ec 6:3 – Se o homem gerar cem filhos, e viver muitos anos, e os dias dos seus anos forem muitos, e, se a sua alma se não fartar do bem, e, além disso, não tiver um enterro, digo que um aborto é melhor do que ele;

As preocupações, isso já está provado pelo medicina, causam males, doenças incuráveis.

Assim, como há sete razões para não nos preocuparmos, vou te mostrar, também, 07 efeitos maléficos das preocupações.

01) prejudica a saúde;

02) reduz a produtividade;

03) afeta negativamente o modo como tratamos os outros;

04) diminui nossa confiança em Deus;

05) nos imobiliza;

06) nos impede de ver as boas dádivas que Deus está nos dando e nos faz retroceder;

07) nos leva ao inferno.

A preocupação nos imobiliza na fé, no trabalho, no amor, no perdão em tudo, porque ficamos irritados e ira é pecado. Passamos a viver em pecado e os filhos de Deus não vivem na prática do pecado.

Filhos o interesse genuíno pelo Reino e sua justiça nos faz caminhar, romper, prosperar, mesmo em tempos de crises.

Preocupado

O que é que te preocupa?

O que é, realmente, importante para você?

Às vezes, pessoas, objetos, metas, objetivos, desejos, tomam o lugar de Deus em nossas vidas e se não formos firmes na hora de decidirmos, para escolhermos o Senhor e seu Reino em primeiro lugar, certamente seremos afastados de Deus, de Jesus e da sua salvação.

Dedicar-se, planejar o futuro, estabelecer e perseguir metas, alvos, é bom, porém preocupar-se excessivamente para alcançá-los não é, acaba sendo um desperdício, porque preocupado ninguém alcança seus objetivos, em razão de problemas de saúde que vão surgir.

As vezes não é fácil estabelecer a diferença entre planejar para alcançar metas e inquietar-se. A inquietação te emperra; o planejamento te agiliza. A inquietação traz dúvidas; o planejamento traz a certeza da vitória.

O planejamento cuidadoso consiste em pensar sobre metas, alvos, métodos e programas, confiando sempre na direção de Deus, e quando bem feito pode ajudar a aliviar as preocupações.

Conclusão

Mas aqueles que ficam ansiosos, são consumidos pelo temor, e passam a considerar difícil confiar em Deus. Deixe que Deus estabeleça seus planos.

Não deixemos que os nossos planos, ou interesses, interfiram em nosso relacionamento com Deus.

Não deixemos as inquietações com o amanhã afetem nosso relacionamento com Deus hoje.

O Senhor é nosso Pastor e nada nos faltará.

Pastor: Sebastião Geraldo de Lima

Visualizações: 2.959

 

3 Comments »

  1. Glória ao DEUS, que nos livrou da preocupações deste mundo!!!!

    Comentário de LARISSA — 3 de abril de 2014 @ 9:08

  2. Texto maravilhoso e muito inspirador, a indiferença é cruel :(

    Comentário de Rebeca — 14 de abril de 2014 @ 20:59

  3. Minha esposa fala que eu não tenho fé porque me preocupo de mais com o futuro nosso e de nossos filhos.
    Só eu trabalho em casa e não sou registrado, e o contrato pode acabar a qualquer momento sem nenhum direito trabalhista. Ou seja se eu parar hoje amanhã já não tenho o que receber.
    Eu fico buscando alternativas para um plano B, contatos para um convenio mais barato, atividades que possam nos oferecer uma outra renda, etc..
    e eu sempre me deparo com minha esposa fazendo este comentário.
    Realmente não sei se preciso deixar tudo nas mãos de Deus ou continuar me preparando e planejando.

    Comentário de Tony — 5 de julho de 2017 @ 11:43

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment